Páginas

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Leis para pensar a Vida !




         O Homem ao longo de sua trajetória histórica existencial busca resposta para suas indagações, e dar sentido a vida com suas ações. Existem sete leis máximas que podem orientar o Homem rumo ao seu futuro incerto, pois quem pode afirmar como será o mundo em 2050 ?
         Sete princípios podem dar uma direção ao pensamento humano:
I - O Princípio de Mentalismo
O Todo é Mente, O Universo é Mental. A criação divina se dá mentalmente e fazemos todos parte d'uma mente universal.
II - O Princípio de Correspondência
O que está em cima é o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima. Existe relação entre a mente universal e nossa própria mente humana.
III - O Princípio de Vibração
Nada está parado, tudo se movimenta, tudo vibra.
IV - O Princípio de Polaridade
Tudo é Duplo; tudo tem Polos; tudo tem seu Oposto; o Igual e o Desigual são a mesma coisa; os Opostos são idênticos em Natureza, mas diferentes em Graus; extremos se tocam; todas as verdades são meias-verdades; todos os Paradoxos podem ser reconciliados.
V - O Princípio de Ritmo
Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés; tudo sobe e desce, tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda, o ritmo é a compensação.
VI - O Princípio de Causa e Efeito
Toda Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; O acaso é simplesmente o nome dado a uma Lei desconhecida; há muitos Planos de Causalidade, porém nada escapa à Lei.
VII - O Princípio de Gênero
O Gênero está em tudo; tudo tem seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o Gênero se manifesta em todos os planos da existência.
Podemos fugir de nossos desafios, mas não podemos fugir das Leis da Vida, de uma forma ou de outra, o que se impõe na história do Homem são as Leis que regem a Vida, que não nos pertence, mas nos é dada por uma dádiva do SER, para possibilitar o equilíbrio e a evolução.
Se quisermos especular sobre o futuro, devemos decifrar como o Homem no presente, lida com as Leis que regem a Vida. Pelo Princípio de Causa e Efeito é possível conhecer as consequências de nossas ações.
Está é a possibilidade de manifestação da humanidade do Homem, que se diferencia de um mero animal, poder elevar seu pensamento e conhecer o que está oculto, por detrás das aparências e ver um possível futuro.
Se o futuro for sombrio, é porque o presente é sombrio. Se no futuro tiver esperança, é porque no presente tem esperança. A resposta para o futuro está no presente, depende das ações que têm suas causas e geram seus efeitos.
Se existe uma lógica na vida, estas Sete Leis podem nos dar uma resposta matemática, que pode ser transformada em uma função, equação, que contenha todas as ações objetivas e subjetivas da humanidade, e criar senários, de preferência um senário positivo, um senário neutro e um senário negativo. O senário mais provável será aquele que se parecer mais com as premissas de nosso presente.

“Estaremos a partir de onde começamos.”
(Keller Reis Figueiredo)

Referência:
O Caibalion é um livro recompilado em 1908, que contêm a essência dos ensinamentos de Hermes Trismegisto, tal como ensinado nas escolas herméticas do Antigo Egito e da Grécia.


Postar um comentário